Feed Rss



DICAS PARA FECHAR A VARANDA COM VIDRO

publicidade:

O envidraçamento de varandas que nada mais é do que fechar a sua varanda com cortinas de vidro é uma tendência que tem suas vantagens mas também podem gerar problemas. A principal vantagem é aumentar o espaço da sua sala. Com apartamentos cada vez menores muita gente resolve fechar a varanda com vidro para aumentar o tamanho da sala. Outras criam espaços gourmet ou varanda gourmet com direito a churrasqueira, frigobar, etc.

O problema é que nem todos os prédios é possível fechar a varanda com vidro. Os mais antigos podem não ter a estrutura para isto obrigando o morador a fazer mudanças na fachada que são proibidas por lei. Existe um artigo no código Civil que com certeza, que é o artigo 1.336 do Código Civil que apresenta diversos deveres que devem ser cumpridos pelos condôminos. Se você mora em apartamento é interessante ler esta parte do código civil. Lá diz que você não pode realizar obras que comprometam a segurança da edificação; você não pode alterar a forma e a cor da fachada, das partes e esquadrias externas; dar às suas partes a mesma destinação que tem a edificação; e não as utilizar de maneira prejudicial ao sossego, salubridade e segurança dos possuidores, ou aos bons costumes.

Você também nunca deve ter lido o artigo 10º da Lei 4.591/64. Neste artigo está escrito que é proibido alterar a forma externa da fachada e decorar as partes e esquadrias externas com tonalidades ou cores diversas das empregadas no conjunto da edificação. Desta forma, para modificar a varanda do seu apartamento é necessário que você tenha aprovação de todos os moradores do seu prédio. Se apenas um desses moradores for contrário, você não poderá fazer nenhuma mudança na sua varanda com relação ao fechamento dela com vidro. Como tem muita gente interessada em fechar a varanda com cortinas de vidro já existem condomínios que estão se reunindo com os moradores para criar um padrão único. Assim todos que forem fechar a varanda terão que seguir aquele padrão.

Agora tem outro problema que você precisa ficar atento que é com relação ao aumento da área útil do seu apartamento. Existem prefeituras que encaram o fechamento de uma varanda como uma transformação no imóvel de forma que você deverá ter uma mudança na área computável para o cálculo do IPTU. Se a sua varanda se transformar em parte da sua sala é possível que a prefeitura queira reajustar o valor do seu IPTU. Observe que também costuma ser proibido quebrar aquela parede que separa a sala da sua varanda.

Neste tipo de reforma que envolve a varanda é interessante contratar um arquiteto, não tente fazer por conta própria. Ele poderá pesquisar junto a construtora, e ao condomínio quais regras devem ser seguidas, tem a questão da possibilidade ou não de construir churrasqueiras na varanda, de modificar a parte externa do prédio, de adicionar cargas e pesos como a cortina de vidro na estrutura da varanda que talvez não tenha sido projetada para suportar o peso.

Por isto antes de contratar uma empresa especializada em envidraçamento de varandas por conta própria é importante elaborar um projeto, verificar o regulamento do prédio e as condições técnicas e legais das mudanças que você deseja fazer.

Para aprender mais dicas de decoração conheça o Curso de Decoração online a distância (clique aqui). É um curso de decoração para leigos criado para ajudar quem não tem condições financeiras de contratar um arquiteto profissional. Se você pretende comprar um imóvel na planta, novo ou usado neste ano, veja o artigo sobre dica de livro sobre imóveis.

Se você gostou clique no botão . Para ser avisado quando novos conteúdos forem publicados cadastre seu e-mail clicando aqui ou assinar nosso feed.

Compartilhe com seus amigos:

publicidade:

Se você gostou do artigo DICAS PARA FECHAR A VARANDA COM VIDRO compartilhe com seus amigos no Orkut, Facebook, Twitter ou envie por email usando uma das opções:

Siga as novidades do nosso site no Twitter:


Cadastre seu e-mail e seja avisado sempre que um novo artigo sobre decoração for publicado aqui.

E-mail:

Comentários

publicidade: